O que significa ser idoso hoje
Compatilhe com amor

O que significa ser idoso hoje?

Esta é uma questão sobre a qual muitas pessoas começam ter que refletir, ou porque são idosos, ou porque são profissionais de diversas áreas da saúde ou humanas que estão tendo que se capacitar para poder lidar com esta população que cresce aceleradamente em nosso país. Segundo estudiosos, o Brasil será o sexto país do mundo em número de idosos em 2025. Estamos preparados para isto?

A questão: “O que significa ser um idoso hoje?” – não pode, em nossa sociedade de rápidas e frenéticas mudanças socioculturais, ser respondida da mesma maneira como foi até pouco tempo atrás. Os tempos mudaram.

Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), nos países em desenvolvimento são consideradas idosas as pessoas de 60 anos em diante, e em países desenvolvidos, pessoas com 65 anos ou mais. Em alguns espaços sociais e entre intelectuais do nosso país, a primeira questão que é discutida e questionada é o uso do termo idoso. Alguns pensadores opõem-se ao uso deste termo para as pessoas que se encontram nesta última etapa da vida, considerando-o um eufemismo. Defendem que o melhor é utilizarmos o termo velho. Outros por sua vez, até aceitam bem o termo idoso, porém opõem-se radicalmente ao uso do termo terceira idade ou, melhor idade.

Mais do que nos determos ao termo a ser utilizado para designarmos esta última etapa da vida, o que parece importante é destacarmos que o processo de envelhecimento é um processo multideterminado e bastante complexo, e é dentro deste olhar que ele precisa ser abordado. Atualmente não podemos falar em “a velhice” ou “o idoso” em nosso país, pois na verdade o que existe hoje (neste país com tantas diferentes contradições), são diferentes formas de envelhecer. O envelhecimento é vivenciado de modo diferente por diferentes pessoas.

O que significa ser idoso hoje?

Tudo depende da pessoa ou do grupo de pessoas idosas ao qual estamos nos referindo, pois, em um país com tantas diferenças socioculturais e econômicas entre as pessoas, as cidades, os estados, e as diferentes classes sociais, o processo de envelhecimento é um reflexo desta realidade social, sendo vivenciado de maneira heterogênea e múltipla. Apresenta diferentes oportunidades e limites a cada pessoa concreta.

Confira aqui como podemos lhe proporcionar mais segurança na melhor idade, com o serviço de Teleassistência!
Clique Aqui!!
SOSme você nunca está sozinho, é uma solução inteligente para quem decidiu morar sozinho e sentir seguro, tranquilo e acompanhado 24 horas
Clique na imagem acima.

É muito diferente envelhecer de modo ativo e inserido na sociedade, ou vivendo em uma Residência de Longa Permanência. Também é diferente ser um idoso senescente ou senil. É diferente envelhecer acometido por algum tipo de demência, ou envelhecer ativa e culturalmente produtivo, tal qual ocorre com muitos escritores, filósofos, artistas, dentre outros profissionais (cujas melhores obras foram produzidas na etapa final de sua vida).

Ser idoso na atualidade pode ter muitos diferentes significados e possibilidades, ou limites.


Compatilhe com amor

Comentários 0

Deixe seu comentário